16/11/2011 - 15:58:45

CADA UMA

Na saída de Mandaguari para Curitiba, BR-376, uma placa pequena  e improvisada me chamou a atenção. Ela informava que a três quilômetros existia um motel, com o singelo nome de HIPINOSE. Isto mesmo, com o inexplicável "I?" após o P. Pensei comigo, o forte dos pintores que confeccionam placas nunca foi o português e somente isto explicaria tal agressão à língua portuguesa. Depois de percorrer os quilômetros informados na placa, descobri que o pintor tinha sido fiel ao desejo do proprietário do estabelecimento. Estava lá uma placa em letras garrafais: MOTEL HIPINOSE. Fiquei matutando: não teve um único ser capaz de informar o indivíduo sobre tal erro ortográfico?

mostrar

(Clique para gravar o seu comentário)




Fale com o Praxedes