13/12/2012 - 20:13:48

EXPERIÊNCIA INESQUECÍVEL

Há anos recebi um e-mail com diversas "pegadinhas" feitas por telefone com atendentes de grandes empresas, publicas ou privadas. Em uma delas, a história girava em torno de um telefonema em que a funcionária de um banco liga para oferecer crédito à sobrinha de quem atende. O "tio" se mostra interessado em também obter dinheiro emprestado, mas antes lembra que a sobrinha procurada deve para todo mundo e que atualmente mora escondida na casa de um mau elemento. Sem dúvida, uma boa peça de humor. Hoje vivi algo parecido e não consegui me furtar à lembrança. Com texto decorado e pronto para você não interromper a garota da Caixa conseguiu chegar à pergunta final: o senhor conhece nosso serviço? Com a resposta de que deveria haver algum engano, já que me encontrava em posição contrária à exigida pelas boas regras bancárias para adquirir o financiamento oferecido. Depois de dois "um momento, por favor", a constrangida operadora de telemarketing pediu desculpas e que a a ligação fosse desconsiderada. Não conseguiu segurar o riso.

mostrar

13/12/2012 - 19:47:40

UM RASTILHO DE ESPERANÇA

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Valdir Rossoni (PSDB), negou ontem o pedido feito por 25 deputados para que ele assinasse o plano de aposentadoria complementar dos parlamentares. Aprovada em 2008, a criação do fundo dependia apenas do aval da presidência do Legislativo para sair do papel. No entanto, segundo parecer da Procuradoria da Casa, a atual direção da Assembleia não tem legitimidade para desarquivar a matéria – o que só poderia ter sido feito pela Mesa Executiva da legislatura anterior. Apesar de Rossoni considerar o assunto encerrado, os deputados favoráveis à medida devem ir à Justiça na tentativa de garantir que a lei seja publicada e o benefício especial, de até R$ 17 mil mensais, possa ser pago pelos cofres públicos.
O imbróglio em torno do assunto vem desde dezembro de 2006, quando os parlamentares aprovaram a criação da previdência complementar para si próprios. O Ministério da Previdência, porém, exigiu mudanças no texto para liberar a proposta. As alterações foram aprovadas, mas como o então governador Roberto Requião (PMDB) não sancionou nem vetou a matéria a responsabilidade de publicá-la passou às mãos do presidente do Legislativo – na época, Nelson Justus (DEM).
É nisso que se baseou a procuradoria da Assembleia para orientar Rossoni a não publicar a lei. Segundo os procuradores, como a matéria foi arquivada ao fim da legislatura anterior – conforme determina o regimento interno da Casa –, o tucano “não teria nem o poder, muito menos o dever, de promulgar um ato normativo discutido em legislatura pretérita”. “O processo legislativo não pode simplesmente ultrapassar o limite temporal de um mandato para outro, mesmo porque a representatividade do povo no Parlamento se altera a cada legislatura”, diz o texto.
Com o parecer em mãos, Rossoni deu a discussão por terminada e classificou como natural a pressão que recebeu de parte dos deputados para publicar a lei. “O cargo de presidente está sujeito a pressões. Sobrou para o Rossoni decidir. Se não fosse eu, outro teria de tomar uma decisão”, declarou. Questionado se o ambiente da Casa deve ficar pesado a partir de agora, ele disse que o clima ficará “bom para os deputados andarem na rua de cabeça erguida”. “Seja o que Deus quiser”, emendou, enquanto assinava o documento.
Para os deputados que defendem a aposentadoria parlamentar, no entanto, o assunto ainda não está definido. Nas próximas semanas, eles pretendem ir à Justiça para obrigar Rossoni a publicar a lei. O entendimento seria de que as constituições Federal e Estadual são claras ao estabelecer que, no caso de sanção tácita de determinada lei e de sua não promulgação pelo chefe do Executivo, é dever da chefia do Legislativo publicá-la. “Não posso trabalhar sob hipóteses. Mas toda medida tomada por um homem público está sujeita a contestações”, afirmou o tucano.
Da atual legislatura, 18 dos 54 deputados já teriam direito ao benefício. Segundo a lei, os parlamentares receberiam, depois de aposentados, até 85% de seus vencimentos – o equivalente hoje a cerca de R$ 17 mil (o teto do INSS é de R$ 3,6 mil) –, de acordo com o tempo de contribuição de cada um. Para isso, porém, a estimativa é que a Assembleia teria de aportar pelo menos R$ 50 milhões para dar início ao sistema.


NB: Confesso que conferi mais de uma vez, mas não consegui encontrar o nome do deputado Teruo Kato na lista de deputados que defendem a aposentadoria parlamentar. Salvo engano, já se declarou publicamente favorável à iniciativa. Teria mudado de ideia ou apenas ficou em cima do muro, como sempre?



mostrar

13/12/2012 - 19:45:55

AGÊNCIA DO TRABALHADOR: HORÁRIO AMPLIADO

A partir de hoje, a Agência do Trabalhador de Paranavaí passa a atender em horário especial: de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 17h30, sem recesso para o almoço, e no sábado, das 8h às 12h. O horário diferenciado foi um pedido do prefeito Rogério Lorenzetti no intuito de atender com mais rapidez os trabalhadores da safra de cana que, nesta época, precisam requerer o seguro desemprego por conta da entressafra, além do aumento natural de fluxo de pessoas neste período. “Estamos preparados para receber mais de dois mil requerimentos de seguro desemprego, só dos trabalhadores da safra da cana. Além disso, também há um aumento nos requerimentos do seguro de todas as outras áreas nesta época, sem contar a emissão de carteiras de trabalho e a abertura de novas vagas de emprego”, explica o gerente da Agência do Trabalhador, Carlos Henrique Scarabelli - Kaká. 
O prazo para o término do horário especial não tem data definida. O atendimento será feito sem recessos até que se perceba uma diminuição natural da demanda. Esta é a primeira vez que a Agência vai prestar atendimento especial também aos sábados. “Mas é importante frisarmos que, aos sábados, o atendimento não é aberto para todos os públicos. O sábado será especialmente para atender aos requerimentos de seguro desemprego pré-agendados”, esclarece Scarabelli.

mostrar

13/12/2012 - 19:45:14

PIB 2010 DE PARANAVAÍ ULTRAPASSA R$ 1 BILHÃO

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) divulgou nesta semana o PIB (Produto Interno Bruto) dos municípios em 2010. Nele, Paranavaí registrou um crescimento nominal de 14% se comparado com o PIB de 2009. Descontando-se a inflação oficial, que tem como base o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), de 5,91%, houve um crescimento real de 8,1% em um ano, superando cidades como Londrina (5,9%) e Maringá (7,6%). O Paraná teve um crescimento real de 8,4% em um ano, e o Brasil 10,4%.
A soma de todas as riquezas produzidas no município em 2010 – nos setores de serviços, indústria, agropecuária e administração – ficou próxima a R$ 1 bilhão (R$ 1.052.970.000,00); o 26º maior PIB do estado – em 2009 a cidade ocupava a 27º posição. Dividindo-se esse valor pelo número de habitantes tem-se o chamado rendimento per capta, ou PIB per capta, que no mesmo período chegou a R$ 12.904,84, contra R$ 11.177,44 em 2009. Em 2008, o PIB per capita registrado em Paranavaí foi de R$ 10.758,40, e em 2007 chegou a R$ 10.060,00.
Isso significa que a renda per capta do município cresceu quase 7% de 2007 a 2008, e cerca de 4% de 2008 a 2009. Nada comparado ao crescimento registrado entre 2009 e 2010, que foi superior a 15%.
Para o prefeito Rogério Lorenzetti, o crescimento é resultado das políticas de investimento público, que induziram o desenvolvimento econômico do município. “Acredito que nas próximas medições, de 2011 e 2012, vai haver um crescimento ainda maior do PIB, porque esta foi a grande fase de investimentos do Poder Público e da iniciativa privada, e que ainda não foi refletido”, destacou o prefeito, citando obras como o novo shopping, hotel, hipermercado e investimentos na infraestrutura do município.
“Já avançamos uma posição entre 2009 e 2010 e tenho certeza que vamos continuar avançando e melhorar ainda mais nos próximos anos”, afirmou opresidente da Aciap, Guto Costa. “Esse resultado é fruto do esforço de toda uma sociedade que, capitaneada pelo Governo Municipal, realizou e está realizando diversos investimentos acreditando no desenvolvimento do município. O desenvolvimento se faz de forma coletiva – não é só a iniciativa privada, ou só o Poder Público, ou só o terceiro setor o responsável por esse crescimento. Se todas as ações convergirem para uma única linha, o resultado não será outro a não ser o crescimento”, sublinhou.

mostrar

13/12/2012 - 19:40:25

CONHEÇA O PIB PER CAPITA DE 2010 NA AMUNPAR

PIB per capita a preços correntes, ano 2010:


Alto Paraná R$ 9.801,15
Amaporã R$ 11.670,71
Cruzeiro do Sul R$ 16.906,52
Diamante do Norte R$ 8.237,76
Guairaçá R$ 13.116,80
Inajá R$ 10.925,65
Itaúna do Sul R$ 9.276,92
Jardim Olinda R$ 15.685,66
Loanda R$ 11.735,31
Marilena R$ 8.137,10
Mirador R$ 17.073,39
Nova Aliança do Ivaí R$ 17.939,14
Nova Londrina R$ 14.219,78
Paraíso do Norte R$ 9.566,37
Paranapoema R$ 11.191,28
Paranavaí R$ 12.904,84
Planaltina do Paraná R$ 14.218,27
Porto Rico R$ 13.367,21
Querência do Norte R$ 11.953,44
Santa Cruz de Monte Castelo R$ 12.244,12
Santa Isabel do Ivaí R$ 12.110,24
Santa Mônica R$ 12.772,55
Santo Antônio do Caiuá R$ 11.430,86
São Carlos do Ivaí R$ 22.360,86
São João do Caiuá R$ 10.168,66
São Pedro do Paraná R$ 13.552,50
Tamboara R$ 13.034,99
Terra Rica R$ 12.803,53


CINCO MAIORES PIB PER CAPITA


1º) São Carlos do Ivaí R$ 22.360,86
2º) Nova Aliança do Ivaí R$ 17.939,14
3º) Mirador R$ 17.073,39
4º) Cruzeiro do Sul R$ 16.906,52
5º) Jardim Olinda R$ 15.685,66


12º) Paranavaí R$ 12.904,00

mostrar

13/12/2012 - 09:52:14

PAPO FIRME: CHAPA DE MOHAMED TÁ PRONTA

A composição da chapa liderada pelo vereador Mohamed Soumaille para a mesa diretora da Câmara Municipal de Paranavaí já está sacramentada, inclusive com o apoio de Josival Moreira, Aldrey Azevedo e Zenaide Borges. A mesma fonte de informação conta que o restante dos cargos da mesa será ocupado por Irmão Barini (vice), Leonildo Martins (1º secretário) e Valter dos Reis (2º secr.). A divulgação da chapa teria sido decidida por causa de supostas pressões do Executivo em apoio à candidatura de José Galvão. Como, em se tratando de eleições da presidência da Câmara, a história costuma reservar surpresas diversas. É esperar para ver.

mostrar

12/12/2012 - 16:44:55

ACIAP DISPONIBILIZA ESTACIONAMENTO GRATUITO

Com o objetivo de garantir mais vagas para os consumidores estacionarem seus veículos no centro da cidade, a Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (Aciap) está disponibilizando estacionamento gratuito para empresários e colaboradores do comércio.
“A ideia é estimular comerciantes e comerciários a utilizarem o espaço oferecido pela Aciap. Assim, ‘desafogamos’ as ruas do centro, proporcionando maior comodidade aos clientes”, disse Costa. “É mais uma forma de estimular consumidores de Paranavaí e municípios da região a prestigiarem nosso comércio”, destacou.
As vagas estão disponíveis de segunda a sexta-feira, das 18h30 às 22 horas nos estacionamentos dos bancos Bradesco e Itaú (na Rua Getúlio Vargas).

mostrar

12/12/2012 - 16:43:50

DE 15% A 20% DE AUMENTO: EXPECTATIVA OTIMISTA

As vendas no comércio devem aumentar de 15% a 20% neste final de ano em relação ao mesmo período de 2011. Esta é a expectativa do presidente da Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (Aciap), Guto Costa. Entre as apostas para atrair os consumidores estão a decoração de Natal nas ruas e nas lojas e a campanha “Aciap presente o ano inteiro”.
E para dar suporte aos empresários, para que tenham segurança na hora de fechar as vendas, a Aciap dispõe de um completo sistema de consultas de crédito. Associados podem acessar a página da entidade na internet (www.aciappvai.com.br) e verificar se os clientes têm débitos não quitados em outros estabelecimentos.
Na sede da Aciap, uma equipe preparada atende os associados em caso de dúvidas. Também disponibiliza consultas de balcão para os consumidores que querem verificar se estão registrados no cadastro de inadimplentes. “Trabalhamos para dar segurança aos lojistas e garantir que os resultados das vendas de final de ano sejam positivos”, disse o presidente da Aciap, Guto Costa.

mostrar

12/12/2012 - 16:37:23

NOTÍCIA ALVISSAREIRA: AGORA VAI?

Na última terça-feira (11), o prefeito Rogério Lorenzetti recebeu em seu gabinete de trabalho a visita de Mário Rubens Souza, engenheiro civil da Leão Engenharia, uma das 40 maiores empresas do ramo no Brasil e que acaba de sediar em Paranavaí uma das suas centrais de concreto. A empreiteira, que atualmente tem contrato com o DER para recuperar 13 rodovias da região, está executando neste momento o recapeamento do trecho entre Terra Rica e Guairaçá e será a responsável pela execução do recapeamento do trecho entre Paranavaí e Graciosa, previsto para começar na primeira quinzena de janeiro.

mostrar
1


12/12/2012 - 16:35:07

ME RECUSO

Tenho consciência da pequenez deste espaço, mas me recuso a repercutir a informação repassada diariamente pela prefeitura sobre a localização do radar móvel. Seria concordar que os motoristas internautas merecem tratamento diferenciado, mesmo com o início da placa informativa de presença do radar.
Mas para quem quiser: Acompanhe diariamente a divulgação das ruas ou avenidas de operação do radar móvel na página oficial da Prefeitura de Paranavaí no Facebook e pelo twitter da Secretaria (@secompvai), que também pode ser seguido através do site www.prefeituraparanavai.com.br

mostrar

Fale com o Praxedes