Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018

15/02/2017 - 20:07:07

NOVOS CORONÉIS DA POLÍTICA, INOVAM AO CONSERVAR VELHOS HÁBITOS

Depois de mais de quarenta anos, assistir a volta da censura (mesmo que prévia) é parte do vexame que nos faltava ver. Da tresloucada forma como depenam o Erário, eles, políticos desonestos e medalhados são como a maioria deselegantemente abastada; fazem até da Suprema Corte, um mercadão donde tudo se compra e tudo se vende e a preço indigno.
Eles, como vemos nas atuais disputas, nada temem e a nova safra de ''coronéis'' é tão cínica quanto a safra dos ''marimbondos  de fogo''.
Mas temos, acaso parem de jogar lama no Estado Democrático de Direito, eleições para o ano que vem, podendo começar a reciclagem de forma honesta e democrática, mas desde que tenhamos consciência e ética do bom uso do título de Eleitor!
Gabriel Gagá

mostrar

15/02/2017 - 20:06:10

GOVERNO TEMER NÃO SOBREVIVE SEM UM SUPER MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

Golpeado por muitos de seus pares envolvidos com denúncias de toda a sorte de roubalheira contra o povo, Michel Temer têm no homem que segurou sozinho a Barra da Tijuca e o Grande Rio contra o tráfico de drogas, José Mariano Beltrame, uma chance de dar dias mais serenos e noites mais tranquilas ao povo brasileiro!
Beltrame, de fala gauchesca e atitudes contundentes e sem medos, sabe bem onde aperta a calosidade dos bandidos, de chinelos e das altas grifes.
Ele é Delegado de Polícia Federal,onde ingressou em 1981 e formado em Direito em Sta Maria-RS e nasceu lá mesmo em 13 de Maio de 1957. Ele já deu provas ao Brasil de sua competência! (Velho Gagá)

mostrar

15/02/2017 - 20:05:31

PASSAGEM LIVRE DE VEÍCULOS OFICIAIS NOS PEDÁGIOS

Veículos oficiais do Estado, como ambulâncias, viaturas das polícias  
civil, militar, científica e corpo de bombeiros, não precisam parar em  
cancelas de praças de pedágio, prática comum atualmente. A afirmação é  
feita pelo presidente da Comissão de Obras Públicas Transportes e  
Comunicação da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado estadual  
Tião Medeiros (PTB), que levou o questionamento à Agência Reguladora  
de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar),  
órgão responsável pela fiscalização dos serviços de infraestrutura  
concedidos do Executivo.
A Agência confirmou em ofício a afirmação do parlamentar sobre a  
necessidade de gratuidade à veículos oficiais do Estado em serviços do  
tipo “sem parar” nos pedágios do Paraná. No final do ano passado, Tião  
Medeiros encaminhou à Agência um requerimento afirmando que a extensão  
da gratuidade é necessária para melhorar os serviços.
Em resposta aos questionamentos do deputado, a Agepar afirmou que a  
extensão da gratuidade aos veículos isentos é contemplada com pista  
livre (tipo de pista não pedagiada, utilizada para o tráfego de  
veículos isentos, como ambulâncias, carros de polícia, entre outros).  
“De acordo com Agência, atualmente as empresas concessionárias não  
estão atendendo este dispositivo. Por isso nosso questionamento vai  
levar a Agepar determinar ao Poder Concedente e Concessionárias que  
providencie uma solução alternativa que atenda o previsto  
contratualmente”, comemora o deputado.
“Queremos que a determinação seja cumprida, com gratuidade e mais  
agilidade na liberação nas cabines de veículos oficiais do Estado.  
Hoje temos meios de fazer essa identificação nas cancelas automáticas,  
tornando mais ágil o tráfego de ambulâncias, viaturas das polícias  
civil, militar, científica e corpo de bombeiros”, explica Tião Medeiros.





mostrar

15/02/2017 - 20:04:39

PF DEFLAGRA OPERAÇÃO PARA APURAR FRAUDES EM PESQUISAS DA UFPR

A Polícia Federal, em ação conjunta com a CGU e TCU, deflagrou na manhã desta quarta-feira, 15, a Operação Research que apura o desvio de recursos públicos destinados à UFPR. A operação investiga o repasse irregular de recursos mediante pagamentos sistemáticos, fraudulentos e milionários de bolsas a inúmeras pessoas sem vínculos com a instituição no período entre 2013 e 2016. As informações são da Polícia Federal.
Cento e oitenta policiais federais, seis servidores da CGU e quatro do TCU estão cumprindo 73 ordens judiciais: 29 mandados de prisão temporária, 8 conduções coercitivas e 36 mandados de busca e apreensão nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro.
Conforme a investigação, foram reunidos indícios de fraudes em pagamentos realizados a título de auxílio a pesquisadores, bolsas de estudo no país e no exterior a diversas pessoas desprovidas de regular vínculo de professor, servidor ou aluno da UFPR. Dois servidores federais participaram das fraudes, resultando na prisão cautelar de ambos.

mostrar

15/02/2017 - 20:03:47

COBRANÇA DE PROPINA TERMINA COM A PRISÃO DE CINCO POLICIAIS CIVIS

Foi deflagrada nesta quarta-feira, 15 de fevereiro, em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba, a Operação NFL, que culminou com o cumprimento de seis mandados de prisão preventiva determinados pelo Juízo da Comarca. Entre os presos estão cinco policiais civis e uma pessoa que agia como se fosse policial, “trabalhando” na delegacia da cidade – mesmo não sendo agente público. A ação é coordenada pelo Ministério Público do Paraná, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).
Em paralelo à Operação, foi apresentada pelo MP-PR denúncia criminal em face de todos os envolvidos, contemplando os crimes de associação criminosa, peculato, concussão e corrupção passiva. 
Fatos – Conforme apurado pelo Gaeco, o pseudo policial agia usurpando função pública em combinação e com o aval dos policiais. Ele fazia levantamentos em residências onde havia suspeita de alguma prática criminosa e em certos casos negociava valores para que, já na delegacia, os policiais aliviassem a situação da pessoa envolvida. Além disso, agindo como se fosse agente público, cobrava dinheiro em nome da Polícia Civil para um suposto calendário.
Em um caso destacado na ação penal, dois policiais exigiram dinheiro para alterar a situação de uma pessoa detida – em vez de tráfico de drogas, classificariam a comunicação oficial à Justiça como uso de entorpecente. Chegaram, inclusive, a devolver uma pequena porção de droga ao detido. Em outra situação, houve uma negociação em que foram pedidos R$ 40 mil, um veículo e um relógio para deixar de anotar que a pessoa presa tinha outro envolvimento em outro crime, em que figuraria com nome distinto, o que poderia piorar a situação dela perante o Judiciário. Em outro fato citado na denúncia houve exigência de R$ 50 mil de suspeitos de homicídio para não solicitar prisão cautelar à justiça.

mostrar

15/02/2017 - 20:02:53

TCE-PR EMITE ALERTA A 43 MUNICÍPIOS POR DESPESAS COM PESSOAL: QUATRO SÃO DA AMUNPAR

Em 2017, o Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) já expediu alerta de despesa de pessoal a 43 municípios do Estado. Treze deles extrapolaram o limite de 54% da receita corrente líquida (RCL) com despesas de pessoal em 2016 e devem seguir as determinações constitucionais. Vinte e quatro municípios ultrapassaram 95% do limite de despesas naquele período; e os respectivos Executivos estão sujeitos às vedações da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Outros seis Executivos municipais gastaram acima de 90% do limite.
Aos municípios que extrapolaram 95% do limite é vedado (parágrafo único do artigo 22 da LRF): concessão de vantagens, aumentos, reajuste ou adequações de remuneração a qualquer título; criação de cargo, emprego ou função; alteração de estrutura de carreira que implique aumento de despesa; provimento de cargo público, admissão ou contratação de pessoal, ressalvada reposição de aposentadoria ou falecimento de servidores nas áreas de educação, saúde e segurança; e contratação de hora extra, ressalvadas exceções constitucionais.
Os Executivos municipais que ultrapassaram o limite em 100% devem reduzir os gastos com pessoal, conforme determina a Constituição Federal.
Os municípios são alertados pelo Tribunal para que adequem seus gastos e suas despesas com pessoal não alcancem o limite de 54% da RCL. Nos municípios onde isso ocorre, a Constituição Federal estabelece (parágrafos 3º e 4º do artigo 169) que o poder Executivo deverá reduzir em, pelo menos, 20% os gastos com comissionados e funções de confiança.
Caso não seja suficiente para voltar ao limite, o município deverá exonerar os servidores não estáveis. Se, ainda assim, persistir a extrapolação, servidores estáveis deverão ser exonerados. Nesse caso, o gestor terá dois quadrimestres para eliminar o excedente, sendo um terço no primeiro, adotando as medidas constitucionais.
Os municípios da região de Paranavaí são:
CRUZEIRO DO SUL - 53,88%
MARILENA - 51,36%
NOVA ALIANÇA DO IVAÍ - 52,99
TERRA RICA - 52,5%

mostrar

14/02/2017 - 19:39:58

VISITA DEBAIXO DE CHUVA

VISITA DEBAIXO DE CHUVA

O prefeito Delegado KIQ e o presidente da Câmara Municipal de Paranavaí, José Galvão, visitaram hoje as algumas ruas não pavimentadas atingidas pelas chuvas dos últimos dias. E São Jorge não trégua, fazendo as conversas serem debaixo de guarda-chuva e sem promessas inexequíveis. KIQ promete empenho para resolver o problema antigo e prevê que até o final do ano terá uma solução definitiva para a questão. A conferir.

mostrar

14/02/2017 - 19:38:48

CCJ TEM A DIVERSIDADE NECESSÁRIA

Na modesta opinião deste blogueiro, a composição da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Paranavaí, com Aldrey Azevedo, Leônidas Fávero e Miltão Hipólito está na justa medida, o que certamente será benéfico para o desenvolvimento do trabalho do Legislativo Municipal. Quem questiona a influência de Aldrey na CCJ anterior, esquece que por ser advogado tem o conhecimento profissional para avaliar questões que passam despercebidas por nós leigos. A formação da CCJ atual também pode ser considerada uma vitória do presidente José Galvão, que prega a união na Casa de Leis.

mostrar

14/02/2017 - 19:38:15

ROGÉRIO LORENZETTI NO PÁREO EM 2018

Em vídeo divulgado nas redes sociais recentemente, o ex-prefeito Rogério Lorenzetti tirou qualquer dúvida de que é, sim, candidato a deputado federal nas eleições do ano que vem. Terá certamente como peça principal de sua campanha o legado deixado em oito anos à frente da prefeitura de Paranavaí, como forma de atrair o voto do paranavaiense. Mas sabemos que somente os votos locais não são suficiente para uma candidatura vitoriosa. Outra questão é em qual partido Lorenzetti estará no pleito de 2018. O clima no PMDB não é lá muito favorável, tanto que o empresário Waldemar Delatorre já é anunciado como pré-candidato a deputado federal.

mostrar

14/02/2017 - 19:37:35

CÂMARA MUNICIPAL DE PARANAVAÍ COMEÇA COESA NO COMANDO DE GALVÃO (PR)

Ontem pude assistir a reunião do Legislativo desde seu ínicio até o encerramento e valeu a pernada° De forma unânime foi eleita a cobiçada Comissão de Constituição, Justiça, Redação e Legislação Participativa, em que foram aclamados os Vereadores Aldrey Azevedo - PTB, Dr Leônidas -PPS e Miltão -PDT!
A reunião mostra consenso e serenidade dos Edis, no comando do vereador Galvão, já experiente vereador e conhecedor dos ritos do Legislativo, além do que, é bandeira dele o exercício de seu cargo à frente da Casa de Leis, sempre buscando a união entre os pares para fazerem valer a confiança do povo que os elegeu!
Todos  frisaram o compromisso de fazer um trabalho voltado ao ''cidadão e cidadã de nossa Paranavaí pelo desejo de prestarem bons serviços, sem se assombrarem com reeleição ou não''


Gabriel Gagá

mostrar

Fale com o Praxedes