Sexta-Feira, 22 de Junho de 2018

16/06/2017 - 19:16:07

COMO SERÁ FEITA A AVALIAÇÃO DO CONTRATO DE GESTÃO DOS SECRETÁRIOS?

A assinatura de um contrato de gestão pelos secretários da equipe do prefeito de Paranavaí, Delegado KIQ, foi alardeada na solenidade de posse como uma das muitas inovações da nova administração. Quando estamos chegando ao final do primeiro semestre, a prefeitura ainda não sinalizou como será realizada a forma de avaliação e, principalmente, se a louvável iniciativa terá a publicidade esperada da administração municipal. O Blog do Taturana informou que nos círculos políticos se fala que três integrantes da equipe têm se tornado o chamado "núcleo duro". São eles: Darlan Alves Pereira (Desenvolvimento Urbano), Benjamin Marçal Costa (Procuradoria Jurídica) e Eduardo Nakamura (Comunicação Social). Mas nem tudo são flores e em algumas pastas já se questiona a escolha feita. Já outros não têm se envolvido em polêmicas, mas devem ser cobrados igualmente.

mostrar

16/06/2017 - 19:15:41

REPÚBLICA DAS BABÂNIAS - NAVIO NAUFRAGANDO E OS RATOS PULAM NA ÁGUA

Na célebre fila da Guilhotina existem aqueles danados de sabidos que se antecipam ao carcereiro/algoz e puxam a cordinha da lâmina vitimizando-se como mártires da ladroagem ora vista como o falecido Estado Democrático de Direito. Agora auto flagelou-se  Her João Batista de Andrade[PPS], ministro interino da Cultura, que, negando crise política, se viu atropelado em seu mastodôndico domínio da ''área das nomeações''; eles, governo putrefato exercido por uma ala do PMDB que tem o mesmo amor ao povo que um carrapato ao ver uma injeção de ivermectina, não conseguem parar de nomear...nem na mais ridícula finalização de governo já vista na história de povos civilizados, em que se dão todas as chances para uma saída honrosa e eles, ou no caso o advogado Michel Temer se nega a entregar isto que ele insiste em chamar de governo. Negam sair  e não param de nomear, nem que custe a cabeça [dos outros] O ministério da Cultura tem uma lista de escândalos já nominados mas ainda na  fila do escárnio público e, pela forma com que se comportou Andrade, foi só o primeiro dos coices de pseudo-rebeldes em Temer. Crianças morrem por falta de atenção do governo federal e eles  brigam entre si para nomear apaniguados.
MUDA BRASIL!


Gabriel Gagá

mostrar

16/06/2017 - 19:15:01

COM JBS EM CRISE, PECUARISTAS SE UNEM PARA REATIVAR FRIGORÍFICOS

Um grupo de pecuaristas de Mato Grosso, maior Estado produtor de gado do País, está se articulando para criar uma cooperativa e reativar até 15 frigoríficos do Estado. As conversas ganharam força nas últimas semanas, após as delações dos irmãos Batista, controladores do JBS, informa Mônica Scaramuzzo. Fazem parte desse grupo os irmãos Fernando e Eraí Maggi, primos do ministro Blairo Maggi (Agricultura). Eles estão em conversas com o governo do Estado. A ideia é que as unidades possam se tornar exportadoras. Mato Grosso tem, no total, 22 frigoríficos desativados, boa parte por causa do movimento de concentração do setor. Destes, de seis a oito podem ser reabertos nos próximos meses. Cada unidade reativada pode gerar pelo menos 500 empregos diretos.

mostrar

16/06/2017 - 19:14:20

REFORMA POLÍTICA ELEVA A R$ 3 BI VERBA DE CAMPANHA

Tratada até há pouco como importante medida de superação de vícios da administração pública brasileira, a reforma política está escanteada no Congresso e pode se resumir, na essência, a um ponto: a criação de um fundo público de campanha de pelo menos R$ 3 bilhões. As informações são de Ranier Bragon na Folha de S. Paulo.
A parte principal do relatório do deputado Vicente Cândido (PT-SP) está há mais de dois meses pronta para ser votada, sem sucesso. Há mais de 15 dias a comissão especial que debate o assunto não consegue se reunir.
Por falta da apoio, abandonou-se a implantação da lista fechada, uma das principais propostas da reforma. Nela, o eleitor deixa de escolher candidatos isolados e vota em listas pré-definidas pelos partidos. O principal argumento em defesa do modelo é o de que ele barateia drasticamente as campanhas.
Desde 2015 as empresas estão proibidas de doar para candidatos. A eleição de 2014 custou quase R$ 6 bilhões (valores atualizados), isso sem considerar os recursos não declarados à Justiça.
Com a lista fechada abandonada, Cândido agora prega só ajustes no atual modelo, como aumento do teto que pessoas físicas podem doar para campanhas (hoje 10% dos rendimentos no ano anterior), além da restrição ao número de candidatos que os partidos podem lançar.
Um grupo de legendas, lideradas pelo PMDB, quer ainda tentar emplacar o chamado "distritão" –sistema em que são eleitos os mais votados. Hoje as cadeiras na Câmara são distribuídas com base no total de votos que os candidatos do partido ou da coligação receberam.
O "distritão", porém, já foi rejeitado pelo Congresso em 2015 e tem como um de suas consequências tornar sem efeito cerca de 60% dos votos dados pelos eleitores. Esse percentual reúne votos dados aos candidatos não eleitos mais os direcionados em excesso para os mais bem votados. No atual sistema, o percentual de votos "desperdiçados" fica em menos de 10%.

mostrar

16/06/2017 - 19:13:50

ALEP-PR CRIA APLICATIVO INÉDITO PARA GARANTIR DIREITOS DO CIDADÃO

Os paranaenses ganharão um novo aliado para fazer valer os seus direitos. O aplicativo “Agora é Lei no Paraná”, da Assembleia Legislativa, será lançado na próxima terça-feira (20), às 14h30, durante a sessão plenária. A nova ferramenta de comunicação do Legislativo reúne em uma plataforma de fácil acesso mais de 140 leis estaduais de interesse do consumidor. Com apenas um toque e de qualquer lugar, será possível consultar a legislação vigente e garantir a aplicação do que determina a lei. Afinal, se é lei, tem que cumprir!
Criado pela Diretoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do Paraná para ajudar o consumidor a conhecer as leis e cobrar seus direitos, o aplicativo traz ilustrações para facilitar a identificação do tema e tem uma linguagem simples. Tudo foi pensado para descomplicar o processo legislativo e tornar efetivo o trabalho dos deputados estaduais. “Nossa ideia foi oferecer ao consumidor uma ferramenta que colabore com o seu dia a dia. A população vai poder usar o aplicativo para cobrar seus direitos”, explica a diretora de Comunicação, Kátia Chagas.
A aproximação do cidadão do Poder Legislativo é uma das diretrizes adotadas pela Mesa Executiva comandada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), que ressalta o papel da comunicação nesse processo. “A comunicação é vital para as nossas vidas e essencial para o Legislativo. É através dessas ferramentas que podemos mostrar tudo que está sendo feito pelos nossos deputados. O nosso papel é criar leis que beneficiem a população”.
O aplicativo foi desenvolvido pela Diretoria de Comunicação, com suporte técnico do Setor de Tecnologia da Informação do Legislativo, sem qualquer custo para o poder público. Para conferir todos os detalhes da legislação, basta clicar na ilustração e acessar informações como aplicação da lei, penalidades em caso de descumprimento, nome do autor e texto na íntegra. A pesquisa também pode ser feita pelo nome do deputado, categoria (saúde, educação, transporte, ...) ou digitando uma palavra-chave referente ao tema.
O Procon-PR é parceiro da iniciativa e vai receber todas as denúncias encaminhadas pelo cidadão que, mesmo com o aplicativo, não conseguir fazer valer os seus direitos. A diretora do Procon-PR, Claudia Silvano, participará do lançamento do aplicativo, na terça-feira (20). Na ocasião ela discorrerá sobre a importância da população conhecer os seus direitos e cobrá-los.

mostrar

15/06/2017 - 19:28:51

C. MOURÃO: RETIRADA DE QUIOSQUE DE PRAÇA PROMETE POLÊMICA

A recente retirada de um quiosque de caldo de cana de uma praça em Campo Mourão feito pela prefeitura virou o assunto da semana reduzida pelo feriado de hoje na cidade. O proprietário do quiosque apresentou ao Ministério Público, segundo o Blog do Raoni, documentos que demonstram que sua situação era regular.
Coincidência ou não, o Blog Boca Santa, ao anunciar a retirada do quiosque, acrescentou uma foto em que a ex-prefeita Regina Dubay aparece tomando caldo de cana no local.
Esta não é a primeira vez que vi questões políticas interferirem no comércio de Campo Mourão. Lá conheci o Bar do Italiano, muito frequentado pelos universitários, que servia sua clientela o famoso torresmo na calçada. Pois, segundo um dos frequentadores me explicou então, a gestão da época exigiu a pintura de duas faixas amarelas, entre as mesas, para a passagem dos pedestres. Isto numa avenida.

mostrar

15/06/2017 - 19:28:26

CINISMO DESMEDIDO: CÂMARA FEDERAL COGITA SUSPENDER RECESSO

Não tem limite o cinismo dos nossos ilustres representantes na Câmara Federal quando anunciam com alarde que "cogitam" suspender o recesso parlamentar (excrescência de nossa legislação, que brinda deputados e vereadores com recessos antes mesmo de serem empossados) para votar denúncia contra o presidente Michel Temer. Num momento de crise política que ganha proporções incalculáveis, nossos muito bem remumerados parlamentares vão analisar se perdem ou não um das duas férias do ano.

mostrar

15/06/2017 - 19:28:00

AUDITORIA DO TCU VA LEVANTAR SALÁRIOS ACIMA DO TETO NAS ESTATAIS

O Tribunal de Contas da União determinou a abertura de auditoria na folha de pagamento de todas as empresas estatais, como o BNDES, para apurar se há desobediência ao teto constitucional no desembolso dos vencimentos. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (14). O TCU quer que o levantamento seja feito de maneira detalhada: ordenou que, além do valor final, a auditoria aponte a composição salarial, discriminando adicionais por função comissionada, por exemplo. As informações são da coluna Painel na Folha de S. Paulo.
NB: Lendo a notícia lembrei da última consulta que fiz ao Portal da Transparência da Câmara de Municipal de Paranavaí e estranhei que os vencimentos de servidores efetivos e comissionados não possuem mais o detalhamento de suas composições. Assim, o contribuinte que paga a conta não consegue saber quais os "penduricalhos" que engordam os vencimentos dos servidores da Casa. Quando a composição salarial era divulgada da forma correta, em alguns casos, o salário era "bico", tantos os adicionais. Antes de fiscalizar o Executivo é preciso cuidar da prórpia Casa.

mostrar

15/06/2017 - 19:25:24

JOESLEY BIFE SUJOS E SEUS COMPARSAS ARMAM MAIS UM BILIONÁRIO GOLPE CONTRA A ECONOMIA BRASILEIRA

A holding que faz sede aos irmãos Batista, a J&F, controladora da Friboi dentre outras empresas  foi dedurado na quinta a noite pela agência controladora de riscos Standard & Poor´s, que, sabedores de que cometeram mais delitos dos que aqueles delatados, os processos, ações judiciais  e perda de crédito alem de bons investidores, pode fazê-los perder muito dinheiro, PORTANTO decidiram eles, se desvencilharem de 8 BILHÕES de Reais em ''ativos de curto e curtíssimo prazo'', e como se diz em época de bons ventos, vão pegar  dinheiro ''e dar linha na pipa'', destituindo de garantias negócios feitos no mercado a termo/futuros e as devidas garantias de ações trabalhistas. Autorização para venderem as suas linhas de transmissão de energia elétrica e a gigante VIGOR já foi assinada pelos, Santander e BBI Bradesco que são grande credores do grupo. Vai no mesmo rumo a HAVAIANAS e a Eldorado Celulose.
E a ''governança federal só sabe bajular o PSDB para se  garantirem no vampirismo político-partidário até 2018'' Nada fazem e só nomeiam!
MUDA BRASIL!
Gabriel Gagá

mostrar

15/06/2017 - 19:24:54

AGORA NÓS SOMOS OS GOLPISTAS DOS GOLPISTAS?, IRONIZA DELTAN DALLAGNOL

Duas frases do procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava Jato, em palestra para médicos-cirurgiões plásticos em encontro nacional nesta terça-feira, 13, em São Paulo.
- Nós éramos os golpistas, não é? Agora nós somos os golpistas dos golpistas? Eu fico confuso. Os casos recentes deixaram claro que as investigações não são contra partido A ou contra partido B. 
- Se queremos mudanças, precisamos nos engajar. Essa história (da Lava-Jato) não tem heróis. A ideia de que somos heróis passa uma péssima mensagem. Porque as vítimas vão nos esperar agir, se digladiar com os titãs. A verdade é diferente. Nós podemos trazer mudança, mas não nós da força-tarefa, mas nós da sociedade brasileira .

mostrar

Fale com o Praxedes